Venda seu carro em Lindóia – Saiba como

Já considerado um evento tradicional, o Encontro de Águas de Lindóia recebe mais de 700 mil visitantes todos os anos. O mais importante no Brasil e ótima oportunidade para que venda seu carro em Lindóia.

Caso você tenha um veículo e o queira levar para Lindóia, com o objetivo de vendê-lo, a The Garage pode te ajudar nisso.

Encontre os melhores carros antigos em São Paulo.

Venda seu carro em Lindóia com a The Garage

Todos os anos estamos presentes no espaço fixo que temos no evento, no qual recebemos carros de clientes para serem vendidos.

Por isso, o Encontro de Águas de Lindóia é um ótimo lugar para ter lucro com seu veículo, porque vão pessoas de todo o país, entre colecionadores e novos proprietários.

As inscrições começaram a partir de 27 de fevereiro para todas as categorias, como Inscrições com Veículos, Sem Veículos e Veículos à Venda.

Inscrições de Veículos

A The Garage pode levar um ou mais veículos do mesmo proprietário. Serão entregues aos donos troféus de participação e Kit com brindes. Isso é dado pela organização do evento.

Dessa forma, podemos também ajudar em todos os processos, desde inscrições, vistoria e avaliação do melhor preço de venda, para que tenha assertividade.

Confira a programação

Carros clássicos pouco valorizados dos anos 90

São clássicos, mas são modernos o suficiente para serem confiáveis. Digo até para que seja usado no dia a dia, e ainda assim ser um clássico. Estamos falando dos carros clássicos pouco valorizados dos anos 90.

Quem gosta de carros antigos, quer poder dirigir todos os dias. É um estilo de vida que só os apaixonados por clássicos compreende.

E para isso, com o fim de aguçar ainda mais seu amor pelos carros, separamos carros clássicos da década de 1990, dos quais são possíveis serem usados no dia a dia e, sobretudo, foram pouco valorizados em sua época.

Em nosso estoque há alguns carros da década de 1990.

Carros clássicos pouco valorizados dos anos 90

Sabemos que esses carros são fáceis de operar, modernos e úteis para o dia a dia. Muitos deles surgiram com itens adicionais de segurança. E ainda estão com custo-benefício em boa escala para o comprador. Mas, esta é uma lista para carros fora do país, quem têm um preço mais acessível, sendo passível de importação.

Audi S8 1996, um dos carros clássicos pouco valorizados da década de 1990.

1º Audi S8 1996 – um dos carros clássicos pouco valorizados

Um verdadeiro musculoso V8 europeu, que saiu do Salão do Automóvel e foi direto para as telas do cinema dois anos depois.

O modelo teve participação no filme Ronin, estrelado por Robert De Niro e Jean Reno.

O carro é feito em alumínio, com um motor de 335 cavalos de potência. O S8 perdeu espaço para o BMW M5. Isso tem um ponto positivo para quem busca um esportivo de luxo mais barato.

2º MGF

O carro britânico é equipado com um motor central com suspensão hidrogênica flexível. Foi concorrente direto do MX-5, da Mazda.

Portanto, é um veículo barato para quem quer estilo e segurança.

3º Fiat Coupé Turbo

Design esportivo e rápido. Não é um carro lá tão potente como o nome sugere, mas é rápido.

4º Audi TT

Foi com entusiasmo que os visitantes do Salão do Automóvel recebeu um carro conceito. E foi surpreendente quando o viram nas ruas.

O carro até hoje tem linhas modernas, fazendo dele um veículo atual.

Foi montado sobre a plataforma do VW Golf europeu; é fácil de operar, tem 222 cavalos de potência e muito rápido.

Mas, veja a lista completa aqui.

O que é antigomobilismo – conheça o estilo de vida

Estilo de vida é algo que muitos de nós gostaríamos de ter. Mas, enquanto alguns têm estilos de roupas e cortes de cabelo, que retratam um conceito histórico ligados à moda, há um outro grupo de pessoas emergentes: os antigomobilistas. Pois é, neste post você descobrirá quem são essas pessoas e o que é antigomobilismo.

Mas, além disso, neste post você vai descobrir tudo sobre o estilo de vida dos apaixonados por carros antigos, o que é antigomobilismo no Brasil, as boas práticas do antigomobilista e o que fazer para se tornar um antigomobilista.

Toronado. Foto: The Garage.

O que é antigomobilismo no Brasil

Em todos os anos no Brasil mais pessoas surgem com olhares apaixonados sobre os carros de outrora. Carros que remontam uma história antes da Guerra e pós-Guerra Mundial.

Mas, sobretudo, os brasileiros têm muitas referências pelos muscle cars norte-americanos. Esses carros desenvolvidos pela indústria dos Estados Unidos, nos quais podiam demonstrar superioridade de matérias primas e em potência.

Com isso, pelo passar das décadas, uma geração de construtores de carros aqui no Brasil tiveram a preferência por motores cada vez mais potentes.

Mustang. Foto: The Garage.

No entanto, o que é antigomobilismo no Brasil? É uma geração que revive a época, seja no estilo de vida, preservando a história do carro da época; as cores, a originalidade, os passeios… e, sobretudo, a restauração dos carros com o fim de manter viva sua história.

Por isso, todos os anos surgem pessoas com o sonho de conquistar um carro antigo, manter a originalidade e praticar o comércio sobre esses carros. Isso é ser um antigomobilista.

E pegando esse gancho, vamos falar o sobre:

As boas práticas do antigomobilista

Exatamente como falamos acima, o antigomobilista é alguém que escolhe preservar historicamente o estilo e período dos carros antigos.

Consequente, essa prática consiste em buscar a originalidade de um carro de época, participar de um clube voltado aos carros antigos, estudar sobre restauração de carros e praticar o comércio honesto.

Ou seja, o antigomobilista precisa aprender sobre curadoria, termos técnicos sobre peças e funcionalidades dos veículos. Por exemplo, não é de duvidar de que a casa do apaixonado por antigomobilismo também é cheia de objetos antigos de qualquer época. Muitos até decoram as casas com peças de carros.

Como me tornar um antigomobilista

Primeira atitude a tomar para ser um antigomibilista e saber de fato o que é antigomobilismo, é ir a eventos de exposição de carros antigos.

É o mesmo princípio sobre ser motoqueiro e motociclista. O primeiro é o profissional que trabalha com a moto. O segundo é aquele que vive o estilo, que só pilota moto, que viaja de moto e que participa de um moto clube.

Portanto, além de eventos de carros antigos, compre o seu carro antigo. Reserve dinheiro para comprá-lo e, princialmente, se associe a um clube de carros antigos.

Nele você receberá orientações, participará de passeios, terá portas abertas para negócios relacionados e não relacionados a carros antigos.

Quer saber mais sobre o que é antigomobilismo? Venha conhecer a The Garage. Chame no WhatsApp para a agendar uma visita e conhecer os carros da garagem secreta no centro de São Paulo.

The Garage – Seu carro está por aqui. Descubra.

dicas de como comprar seu primeiro carro antigo

Você já escutou o ditado “as coisas melhoram com o tempo”. Neste caso, nosso assunto tem tudo a ver com a frase. Mesmo porque muitos gostariam de saber como comprar seu primeiro carro antigo.

Portanto, traremos dicas para que consiga encontrar um carro antigo em boas condições, porque nesse ramo, além da paixão, o dinheiro é importante.

Dessa forma, saber observar alguns detalhes iniciais, como o estado da lataria, mecânica e documentação irá prevenir muita dor de cabeça e altos gastos.

Como comprar seu primeiro carro antigo

Há razões para crermos que um carro antigo é considerado um clássico dado alguns poréns, e isso está diretamente ligado ao apelo e entusiasmo das pessoas, teste do tempo, raridade e ser ou não representante de uma inovação em seu tempo.

Com isso, saber como comprar seu primeiro carro antigo é uma arte, pois um veículo em boas condições requer muita habilidade de observação e aprendizado histórico.

Dicas de como comprar seu primeiro carro antigo

O primeiro passo é definir um orçamento. Sim, tem tudo a ver com dinheiro. Antes de colocar a paixão acima de tudo nesses momentos, você precisa compreender que comprar seu primeiro carro antigo é um negócio.

Orçamento

Por isso, definir um orçamento lhe poupará tempo na procura do veículo. A procura por um carro é uma arte e requer muita habilidade do comprador.

É imprescindível calcular seus gastos mensais primeiramente. Há os custos fixos, os eventuais… Um dos casos mais comuns são os gastos com estacionamento, caso você não tenha como guardá-lo em sua residência.

Calcule também as taxas adicionais, como impostos.

Escolha do veículo

A segunda dica é: agora sim, procure por seu carro antigo. É claro, após definir se o carro em questão está dentro do seu orçamento inicial.

Nestes casos a preferência pelo veículo é mais emocional do que racional para alguns. Mas procure por um carro dentro da sua paixão, sim, mas por uma unidade que cabe no orçamento.

Essa procura pode ser desgastante ou prazerosa. Você mesmo define a melhor opção. Todos os carros vêm com alegrias e alguns problemas. Mas, atente-se para isso: algumas marcas e modelos têm um histórico de problemas que você deve evitar. Mesmo que o carro seja a sua paixão.

Localização e ajuda necessária

A terceira dica é: já concluiu a procura? Aonde o carro está localizado?

Dessa forma, se o carro estiver fora da cidade ou estado, é preciso marcar a visita ao local. Mas ela está dentro do orçamento? Haverá custos com viagens, alimentação e hospedagem. Além de dinheiro, o tempo deve ser levado em conta.

Para isso, tendo a importância de estar lá para ver o carro pessoalmente para a avaliação, pesquise se não é mais barato contratar algum especialista em vistoria nesses tipos de carros lá da cidade mesmo.

Esta estratégia lhe poupará custos, com certeza. O avaliador lhe enviará fotografias com enquadramento amplo.

Reposição de peças

Quarta dica é sobre a manutenção dos carros antigos. Analise logo no início da sua empreitada se o veículo tem reposição de peças com facilidade no mercado.

Há muitos carros que são deslumbrantes à primeira vista, mas com enorme dificuldades para encontrar peças.

Com isso, se o carro que deseja investir tiver alguma dificuldade no mercado, procure por contatos que possam lhe ajudar na importação de peças.

Mas, se a ideia é talvez conter gastos na compra do seu primeiro carro antigo, repense no modelo do veículo.

Quer mais dicas sobre como comprar seu primeiro carro antigo? Deixe sua mensagem abaixo ou entre em contato pelo WhatsApp.

Carros Antigos no Campo de Marte – encontro e exposição

Aconteceu no último sábado e domingo (8 e 9) o 2º Encontro e Exposição de Carros Antigos no Campo de Marte, que contou com mais xx visitantes, além de mais de mil veículos de expositores e vendedores.

Debaixo de céu aberto; em um dia claro, foi encontro de carros antigos de mais sucesso , comparado ao seu primeiro ano, em 2019. Um oásis aos antigomobilistas.

Vale a pena ressaltar que a qualidade e a organização dos responsáveis pelo encontro e exposição desses carros foi superior ao ano anterior.

Carros Antigos no Campo de Marte – para visitantes

Neste ano os carros antigos deixaram de ser a paixão apenas de colecionadores. Ou apenas uma atividade masculina.

Este encontro esteve recheado de famílias inteiras; esposas e filhos dos entusiastas e colecionadores demonstrando euforia pelas máquinas.

A entrada foi totalmente gratuita para, que puderam levar amigos, famílias, cachorros e afins.

Carros antigos no Campo de Marte. Foto: The Garage

Expositores

O Encontro e Exposição de Carros Antigos no Campo de Marte de 2020 trouxe variedades de expositores, que foram além dos carros antigos.

As peças de carros vindas de fora do país e antiguidades trouxeram mais charme no evento.

Tudo isso com baixo custo para a categoria, que teve a oportunidade de apresentar sua marca em stands montados.

Os expositores de veículos pagaram apenas R$30 por carro.

Já os vendedores, pagaram apenas R$50 por carro. Ótimo custo-benefício para venda de seus carros e uma boa oportunidade de levar a marca da sua loja para possíveis compradores no futuro.

Mustang no Encontro e Exposto no Campo de Marte. Foto: The Garage

Leilão

No primeiro dia, sábado (8), aconteceu o leilão do Encontro e Exposição de Carros Antigos Campo de Marte.

A partir das 16h teve início o leilão, e durou mais de 6 horas. Na ocasião foram arrematados alguns carros raros com altos valores.

O Encontro e Exposição foi um evento realizado em prol da Fundação Rotária.

A organização é mantida pelo Rotary Internacional, responsável por contribuir no combate à pobreza e iniciativas de melhoria da educação e saúde.

Outlaw Tracker: A Bicicleta Elétrica Inspirada no Porsche 356

O nome Rod Emory pode até ser desconhecido para a maioria dos fanáticos do ciclismo, mas para os coleccionadores Porsche é certamente um rosto popular. Especialista em clássicos Porsche, Emory foi contactado pela Vintage Electric, uma marca californiana de bicicletas eléctricas com personalidade, para desenhar um novo modelo totalmente inspirado na sua paixão: o modelo 356. Emory ficou famoso pela preparação e personalização que realiza nos Porsche 356.

Assim nasceu a “Outlaw Tracker”, uma bicicleta eléctrica que mistura a elegância das formas do famoso 356, com um desempenho 100 por cento ecológico. Disponível nas versões de estrada (limitada a 30 km/h) e race (limitada a 55 km/h), a Outlaw Tracker utiliza um quadro moldado em alumínio, pneus Schwalve Fat Frank, e um selim Brooks de aspecto clássico para impressionar o maior dos coleccionandores. A pintura na tonalidade Carrera Silver evoca alguns dos melhores 356 alguma vez produzidos 

A Outlaw Tracker pode ser adquirida através deste site. O preço começa nos 6 995 dólares, mas é possível personalizar o seu exemplar com malas de viagem, por mais um punhado de dólares.

O Iate com Praia a Bordo

Por norma, um iate é construído a pensar numa única coisa: privacidade. Para aqueles que os podem ter, o objectivo é o isolamento total, especialmente dos flashes irritantes dos paparazzi. O caso deste 108M Mega Yatch é uma belíssima excepção. O protótipo do estúdio norueguês Hareide Design foi desenhado a pensar na ligação com o ambiente à sua volta e no contacto directo com a natureza. No fundo, estar neste iate é estar em alto-mar e, ao mesmo tempo, à beira-mar. Estranho, não é?

yate

O principal destaque do 108M Mega Yatch (que, como já devem ter percebido, tem mais de 100 metros) é a sua plataforma ao nível do mar, uma espécie de praia flutuante. Mas não é tudo. A beleza do seu exterior é também proporcionada pelo jardim e pela piscina minimalista, com 20 metros. De facto, ao contrário da maioria dos iates, a melhor parte está à vista.

yate-2

Graças a 300 metros quadrados de painéis solares recarregáveis através de baterias lithium-ion, este híbrido tem capacidade para gerar energia suficiente para percorrer lentamente zonas de costa. Por outro lado, para distâncias e velocidades superiores, basta activar o sistema de propulsão diesel-eléctrico.

Mais informações aqui.

yate-5

yate-6

yate-8

yate-7

Super 73, a Eletric Bike que Carrega o Nosso SmartPhone

Não é uma moto, porque trabalha a pedais. Não é uma bicicleta, porque tem pneus que mais parecem de moto. É um bocadinho de ambas. Com um design todo-o-terreno, esta “Super 73”, desenvolvida pela Lithium Cycles, é a electric bike que todos vamos querer. Porquê? Ora prestem atenção nas specs dela para perceberem:

  • Motor de 1000 watts;
  • Abre-garrafas;
  • Entrada USB para carregar smartphones;
  • Travões de disco;
  • Suporte para copo;
  • Acelerador de dedo;
  • Tecnologia de pedal assistido;
  • Ecrã LCD iluminado;
  • Bateria de lítio;
  • Autonomia para mais 30km
  • Velocidade cruzeiro de 45km/h
  • Rodas de 20″;
  • É preciso mais?

A “Super 73” não requer nenhuma licença específica para ser conduzida. O quadro pode ser personalizado com mais de 20 cores diferentes. Fiquem de olho nela aqui.

Lithium Cycles Super 73

 Lithium Cycles Super 73

Lithium Cycles Super 73

Lithium Cycles Super 73

Lithium Cycles Super 73

Lithium Cycles Super 73

Lithium Cycles Super 73

https://www.youtube.com/watch?v=gRYM7LorqGk

Os HeadPhones-Camaleão da Master & Dynamic

A partir de hoje, vamos começar a estar atentos ao trabalho da Master & Dynamic. Passamos a explicar porquê. O estúdio de design de Nova Iorque lançou uns “headphones-camaleão”. Os MH40, para além de auscultadores, são praticamente um acessório de moda, porque não põem em risco a harmonia do nosso look. Vistam-se à vontade e depois é só uma questão de trocar as ‘almofadas’ dos auscultadores para a cor que mais se adequar. As cores disponíveis são verde azeitona, vermelho burgundy, azul real, cinzento, castanho, navy e preto. Agarrem-nos aqui.

Master-Dynamic  Master-Dynamic Master-Dynamic Master-Dynamic Master-Dynamic Master-DynamicMaster-Dynamic

Enviar proposta para
Os HeadPhones-Camaleão da Master & Dynamic